phone 

Cúria Diocesana

91 3425-1108

 

Paragominas enfrenta morte e destruição

Cerca de 40% da cidade sofreu dados decorrentes das forets chuvas e de rompimento de barragens. Cerca de 40% da cidade sofreu dados decorrentes das forets chuvas e de rompimento de barragens. Fonte da imagem: Divulgação

Duas crianças mortas, mais de 300 pessoas levadas para abrigos, cerca de 100 casas destruídas e rompimento de uma barragem, além de destruição em cerca de 40% da cidade. Este é o saldo da forte chuva que desabou sobre a cidade de Paragominas, distante cerca de 300 quilômetros de Belém, no sudeste do Pará, desde a noite da última quarta-feira, 10, até ontem. A prefeitura do município declarou estado de calamidade pública devido às enxurradas. Em apenas uma hora, choveu 156 milímetros, causando enchentes em vários bairros às margens do rio Uraim, que também transbordou, aumentando mais ainda os estragos.
Na noite de ontem, o Instituto Médico Legal do Centro de Perícias Científicas Renato Chaves, órgão de Paragominas, informou que as vítimas foram os meninos Elanderson da Silva Mendonça, de 4 anos, e Felipe Souza França, de 9. De acordo com informações de um familiar de Elanderson, seu pai conseguiu salvar outras cinco crianças. O garotinho, entretanto, foi arrastado pela correnteza e teve seu corpo resgatado somente na madrugada de ontem. (Texto de O Liberal).

Imagem feita ontem ainda durante a chuva que causou danos em grande parte de Paragominas/ Foto: Divulgação.

 

Em meio a tanta tristeza e desespero, é importante ressaltar a mobilização e solidariedade do povo de Paragominas para com as pessoas que foram atingidas. Muitas pessoas estão envolvidas nessa ação para amenizar o sofrimento dessas pessoas. inclusive, os municípios vizinhos estão mobilizados para ajudar as pessoas atingidas. Além dos locais para as doações na própria cidade de Paragominas, as doações podem ser encaminhadas para o Hotel Regente de Belém, Ginásio Adauto Coelho em Unianópolis, ou Prefeitura Municipal de Dom Eliseu. Para mais informações você pode usar um desses telefones: (91) 3181-5000 / 98452-2027 (Belém). Também nos (91) 3521-0000 / 98422-1628 (Paragominas). Em Ulianópolis você pode ligar no (91) 99978-7028 (Ulianópolis). Já em Dom Eliseu o número disponível é (94) 3335-2210 (Dom Eliseu).

As paróquias de Paragominas estão empenhadas em ajudar a população. A Paróquia Santa Teresinha disponibilizou o salão paroquial e alimentação. Já a Paróquia Sagrado Coração de Jesus liberou o Sítio Nossa Senhora Rainha da Paz para abrigar pessoas que estão desabrigadas, bem como alimentação. A Paróquia São José, que não foi afetado por estar em um bairro fora da cidade, também tem estado presente com vários voluntários e na arrecadação de mantimentos.

Vejamos a nota publicada pelo Pároco da Paróquia Santa Teresinha:

"Estimados irmãos, caríssimos, venho agradecer toda ajuda que vocês deram hoje, com ela nós pudemos ajudar muitas pessoas. Nossa missão ainda não acabou. Hoje centenas de pessoas perderam suas casas, objetos do lar, e mais ainda, algumas perderam a vida. Gostaria que essa noite, após todos os trabalhos realizados no dia de hoje, pudéssemos rezar, antes de deitar, pelas pessoas já angustiadas pelas perdas que tiveram durante essa madrugada calamitosa que tivemos. Pois elas precisam da nossa ajuda material sim, mas também de nossas orações.

Quero agradecer o apoio de todos. Deus abençoe. Amanhã, as 5h já estaremos abrindo a Igreja Santa Teresinha na Promissão 1 e Nossa Senhora de Nazaré na Promissão 3, para preparar o café da manhã. Conto com o apoio de vocês para tornamos isso possível. Amém. Obrigado.

Padre Edson Lobo".

Por Diocese de Bragança.

Com informações de O Liberal e G1 Pará.

Lido 38 vezes

Liturgia

Clique e leia a liturgia diária

Calendário

Calendário de pastoral da Diocese

Sobre a Diocese

EVANGELIZAR, a partir de Jesus Cristo e na força do Espírito Santo, como igreja discípula, missionária e profética, alimentada pela Eucaristia e orientada pela animação bíblica, promovendo a catequese de inspiração catecumenal, a setorização e a juventude, à luz da evangélica opção preferencial pelos pobres, para que todos tenham vida (cf. Jo 10,10), rumo ao reino definitivo.

Boletim de Notícias

Deixe seu e-mail para ser avisado de novas publicações no site da Diocese de Bragança: