phone 

Cúria Diocesana

91 3425-1108

 

Realizadas novas investigações no Campo Teutônico, no Vaticano

Equipes de peritos realizam investigações e túmulos no Cemitério Teutônico Equipes de peritos realizam investigações e túmulos no Cemitério Teutônico Fonte da imagem: ANSA

Às 9h30 da manhã desta sábado, 27, no Campo Santo Teutônico, no Vaticano, foram realizadas operações de identificação e análise morfológica de materiais encontrados em algumas sepulturas, abertas no âmbito da investigação sobre o desaparecimento no centro de Roma de Emanuela Orlandi, filha de um funcionário do Vaticano, em 22 de junho de 1983.

 

Exames em andamento para datar o material encontrado

A Sala de Imprensa da Santa Sé precisou que o prof. Giovanni Arcudi, auxiliado por sua equipe, iniciou a análise morfológica do material encontrado. Trata-se de "ossos, fragmentos ósseos ou ossos fragmentados".

"A análise – lê-se no comunicado da Sala de Imprensa - será realizada de acordo com protocolos internacionalmente reconhecidos, em particular identificando os elementos, na estrutura óssea, úteis para diagnosticar a datação dos achados".

Trabalharam neste sábado nas investigações no Campo Santo Teutônico,  além do prof. Arcudi e sua equipe, a equipe da Fábrica de São Pedro e do Centro Operacional de Segurança da Gendarmaria do Vaticano (Cos).

Presentes também o advogado e o perito nomeado pela família Orlandi e o oficial encarregado da Polícia Judiciária do Corpo de Gendarmaria do Vaticano.

 

Operações e análises

A operação deste sábado é uma nova fase nas investigações. E hoje mesmo teve início a análise morfológica das descobertas contidas nos ossuários.

No dia 11 de julho, haviam sido realizadas as operações de abertura dos túmulos de duas princesas, Sophie von Hohenlohe e Carlotta Federica de Mecklenburg, falecidas no século 19. Estes trabalhos foram realizadas como parte das verificações relacionadas ao caso Orlandi. Nenhum resto humano foi encontrado nas investigações anteriores, nenhum vestígio de caixões ou urnas.

Sucessivamente, a Magistratura do Vaticano determinou a abertura de duas cavidades contendo ossos humanos.

Em 20 de julho, foram trazidos à luz os restos de dois ossários encontrados em uma área adjacente aos túmulos das princesas. 

 

O caso Orlandi

Emanuela Orlandi foi uma jovem que desapareceu misteriosamente em 22 de junho de 1983. Filha de um cidadão do Vaticano, funcionário da Prefeitura da Casa Pontifícia, na época do seu desaparecimento tinha 15 anos. Logo se tornou um dos casos mais obscuros da história italiana que ainda não foi resolvido e que envolveu uma série de instituições.

Por Amedeo Lomonaco

Em Vatican News

Lido 14 vezes

Liturgia

Clique e leia a liturgia diária

Calendário

Calendário de pastoral da Diocese

Sobre a Diocese

EVANGELIZAR, a partir de Jesus Cristo e na força do Espírito Santo, como igreja discípula, missionária e profética, alimentada pela Eucaristia e orientada pela animação bíblica, promovendo a catequese de inspiração catecumenal, a setorização e a juventude, à luz da evangélica opção preferencial pelos pobres, para que todos tenham vida (cf. Jo 10,10), rumo ao reino definitivo.

Boletim de Notícias

Deixe seu e-mail para ser avisado de novas publicações no site da Diocese de Bragança: