phone 

Cúria Diocesana

91 3425-1108

 

Papa Francisco nomeia bispo para a vacante diocese de Leopoldina (MG)

Papa Francisco nomeia bispo para a vacante diocese de Leopoldina (MG) Fonte da imagem: CNBB

O Papa Francisco nomeou nesta quarta-feira, 30 de outubro, o novo bispo para a diocese de Leopoldina (MG). O nomeado foi dom Edson José Oriolo dos Santos que, desde 15 de abril de 2015, exerceu o ofício de bispo auxiliar da arquidiocese de Belo Horizonte (MG) e titular de “Segia”.

A diocese de Leopoldina estava vacante desde 12 de dezembro de 2018, quando dom José Eudes Campos do Nascimento foi nomeado bispo para diocese de São João Del Rei, também em Minas Gerais. O padre Volnei Ferreira Noro exerceu a função de administrador diocesano de Leopoldina desde 4 de fevereiro deste ano, quando foi eleito pelo Colégio de Consultores da diocese.

Currículo e atuação pastoral

O bispo dom Edson José Oriolo dos Santos é mestre em Filosofia Social pela PUC Campinas, especialista em Aristóteles, pela Unicamp, e em Marketing, pela Universidade Gama Filho. Também pela Universidade Gama Filho, é pós-graduado em Gestão de Pessoas. Filho de José Eugênio dos Santos e Alzira Oriolo dos Santos, nasceu no dia 18 de setembro de 1964, em Itajubá (MG), cidade em que foi ordenado presbítero, na Matriz de São José Operário, no dia 5 de maio de 1990.

É formado em Filosofia, pelo Seminário Nossa Senhora Auxiliadora de Pouso Alegre, e em Teologia, pelo Instituto Teológico Sagrado Coração de Jesus, de Taubaté (SP). Dom Edson exerceu na Arquidiocese de Pouso Alegre os cargos de vigário paroquial da Paróquia São Sebastião, em São Sebastião da Bela Vista, vigário paroquial da Paróquia São Francisco de Paula, em Ouro Fino, pároco da Paróquia Nossa Senhora do Carmo, em Borda da Mata, pároco da Paróquia Bom Jesus e Cura da Catedral Metropolitana de Pouso Alegre. Além disso, exerceu a função de professor em várias disciplinas relacionadas à Filosofia no Seminário da Arquidiocese de Pouso Alegre e também atuou como promotor de justiça do Tribunal Eclesiástico da Arquidiocese. Na Paróquia Bom Jesus, implantou a Pastoral Urbana, que o tornou referência no país sobre o tema.

Dom Edson foi nomeado pelo Papa Francisco, no dia 15 de abril de 2015, como bispo auxiliar da Arquidiocese de Belo Horizonte. A Ordenação Episcopal foi celebrada no dia 11 de julho na Catedral Metropolitana de Pouso Alegre (MG).  Baseado na carta de São Paulo aos Efésios (3,8), seu lema episcopal é “Evangelizare Misericordiae e Divitias” e significa “Anunciar as riquezas da misericórdia”.

Ministério na Arquidiocese de Belo Horizonte

O Bispo Auxiliar integrou o Comitê Gestor da Mitra Arquidiocesana (Cogem), acompanha o Projeto Vila Fátima e o Comitê Corporativo de Captação e Assessoria ao Programa Faço Parte, com especial atenção à Pastoral do Dízimo, no Vicariato Episcopal para a Ação Pastoral.

Dom Edson Oriolo é, até então, o bispo referencial da Região Episcopal Nossa Senhora da Conceição (Rensc), que abrange dez municípios. Na Rensc, dom Edson acompanha a Pastoral Presbiteral Regional, coordena toda a ação evangelizadora e pastoral – à luz do Projeto de Evangelização Proclamar a Palavra da Arquidiocese de Belo Horizonte -, o funcionamento e a infraestrutura da Cúria Regional.

Preside os Conselhos Pastoral Regional, Presbiteral Regional, Pastoral de Forania, Pastoral Paroquial, Paroquial de Administração e Pastoral de Comunidade na Região Episcopal.

Foi reeleito presidente da Comissão Episcopal Pastoral para a Vida e Família do Regional Leste II da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) no dia 6 de junho de 2019, durante a Assembleia Anual do CONSER Leste 2, para o quadriênio 2019-2023.

Saudação a Dom Edson José Oriolo dos Santos 

Estimado irmão, Dom Edson José Oriolo dos Santos. Graça e paz!

A Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) recebeu com alegria a notícia de sua nomeação como bispo da vacante diocese de Leopoldina (MG), nesta quarta-feira, 30 de outubro de 2019.

Ao mesmo tempo que celebramos a sua nomeação como pastor da diocese de Leopoldina recordamos as palavras do Papa Francisco sobre a Esperança em celebração na capela da Casa Santa Marta na manhã da última terça-feira, 29 de outubro. “A esperança é a mais humilde das virtudes, que somente os pobres podem ter; Se quisermos ser homens e mulheres de esperança, devemos ser pobres, não ligados a nada. E abertos para a outra margem. A esperança é humilde, é uma virtude que deve ser trabalhada – digamos assim – todos os dias: todos os dias é preciso retomá-la”.

Que a Esperança seja uma marca de seu pastoreio junto ao povo nesta Igreja Particular e que este seja profícuo e sustentado pela graça de Deus.

Com nossas preces,

Dom Walmor Oliveira de Azevedo
Arcebispo de Belo Horizonte (MG)
Presidente da CNBB

Dom Jaime Spengler
Arcebispo de Porto Alegre (RS)
Primeiro Vice-Presidente da CNBB

Dom Mário Antônio da Silva
Bispo de Roraima (RR)
Segundo Vice-Presidente da CNBB

Dom Joel Portella Amado
Bispo auxiliar da arquidiocese de São Sebastião do Rio de Janeiro (RJ)
Secretário-geral da CNBB

Retirado do site da CNBB

Lido 20 vezes

Liturgia

Clique e leia a liturgia diária

Calendário

Calendário de pastoral da Diocese

Sobre a Diocese

EVANGELIZAR, a partir de Jesus Cristo e na força do Espírito Santo, como igreja discípula, missionária e profética, alimentada pela Eucaristia e orientada pela animação bíblica, promovendo a catequese de inspiração catecumenal, a setorização e a juventude, à luz da evangélica opção preferencial pelos pobres, para que todos tenham vida (cf. Jo 10,10), rumo ao reino definitivo.

Boletim de Notícias

Deixe seu e-mail para ser avisado de novas publicações no site da Diocese de Bragança: