phone 

Cúria Diocesana

91 3425-1108

 

A proximidade do Papa às vítimas do terremoto na Albânia

O terremoto de magnitude 6,4 na Escala Richter que sacudiu a Albânia na madrugada de terça-feira provocou a morte de ao menos 23 pessoas e mais de 600 feridos. O governo decretou dia de Luto Nacional nesta quarta-feira. O terremoto de magnitude 6,4 na Escala Richter que sacudiu a Albânia na madrugada de terça-feira provocou a morte de ao menos 23 pessoas e mais de 600 feridos. O governo decretou dia de Luto Nacional nesta quarta-feira. Fonte da imagem: https://www.vaticannews.va/content/dam/vaticannews/agenzie/images/afp/2019/11/26/18/1574789075104.jpg/_jcr_content/renditions/cq5dam.thumbnail.cropped.1000.563.jpeg

Ao final da Audiência Geral desta quarta-feira, o Papa enviou uma saudação e expressou sua proximidade "ao querido povo albanês, que tanto sofreu nestes dias". "A Albânia - recordou Francisco - foi o primeiro país da Europa que eu quis visitar. Sou próximo às vítimas, rezo pelos falecidos, pelos feridos, pelas famílias. Que o Senhor abençoe este povo ao qual quero tão bem".

Também através de um telegrama enviado ao presidente da República da Albânia sr. Ilir Metae aos familiares das vítimas, o Santo Padre expressou seu mais sincero pesar por aqueles que morreram em consequência do terremoto de 6,4 graus na Escala Richter que sacudiu o país na madrugada de terça-feira, 26.

“Encomendando as almas dos falecidos à misericórdia de Deus, asseguro aos feridos e a todos os atingidos por esse desastre minha proximidade em oração”, diz a mensagem assinada pelo cardeal secretário de Estado, Pietro Parolin

Já às equipes de emergência e aos esforços realizados nas operações de socorro, Sua Santidade invoca bênçãos de fortaleza e confia o povo da Albânia à Providência amorosa do Todo-Poderoso.

Dia de Luto Nacional

Subiu para 23 o número de vítimas do terremoto de terça-feira, com epicentro no Mar Adriático, a 10 km da cidade portuária de Durazzo, a mais atingida. Mas a maior parte das vítimas são da cidade de Durres, a 40 km a oeste da capital Tirana.

Abalos secundários, que chegaram a atingir 5,4 graus, ocorreram aos longo de todo o dia. O último, de 4,7 graus, foi sentido às 18h19, hora local. Há dezenas de desaparecidos e equipes de socorro trabalharam durante toda a noite em busca de sobreviventes em meio aos escombros.

A população foi obrigada a abandonar apartamentos e casas e dormir em ginásios, abrigadas em tendas e mesmo a céu aberto, protegidos por cobertores. Para esta quarta-feira o governo albanês decretou Dia de Luto Nacional. As escolas permanecem fechadas.

As autoridades enviaram 2 mil militares e 1.900 agentes de polícias, além de dezenas de equipes médias, às áreas afetadas. Também chega ajuda de países estrangeiros, como Itália e Estados Unidos.

Menino albanês em frente a uma tenda em Thumane, nordeste da capital Tirana
Menino albanês em frente a uma tenda em Thumane, nordeste da capital Tirana
Por Jackson Erpen
Em Vatican News
Lido 19 vezes

Liturgia

Clique e leia a liturgia diária

Calendário

Calendário de pastoral da Diocese

Sobre a Diocese

EVANGELIZAR, a partir de Jesus Cristo e na força do Espírito Santo, como igreja discípula, missionária e profética, alimentada pela Eucaristia e orientada pela animação bíblica, promovendo a catequese de inspiração catecumenal, a setorização e a juventude, à luz da evangélica opção preferencial pelos pobres, para que todos tenham vida (cf. Jo 10,10), rumo ao reino definitivo.

Boletim de Notícias

Deixe seu e-mail para ser avisado de novas publicações no site da Diocese de Bragança: