phone 

Cúria Diocesana

91 3425-1108

 

Primeiro Arcebispo de Santarém é empossado neste domingo, 2

Dom Irineu durante cerimônia de posse na Catedral de Santarém. Dom Irineu durante cerimônia de posse na Catedral de Santarém. Fonte da imagem: Jaime Carvalho

Dia histórico para a Igreja particular de Santarém. Na manhã deste domingo, 2 de fevereiro, foi instalada a Província Eclesiástica com a Arquidiocese de Santarém e empossado o primeiro Arcebispo, Dom Irineu Roman, CSJ, durante Santa Missa na Igreja São Francisco de Assis, bairro Caranazal. A instalação e posse foi feita pelo Núncio Apostólico no Brasil, Dom Giovanni D’Aniello.

A celebração contou com a presença do segundo vice-presidente da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), Dom Mário Antônio; do Arcebispo de Belém, Dom Alberto Taveira Corrêa; do bispo auxiliar de Belém, Dom Antônio de Assis Ribeiro; do bispo da Diocese do Xingu, Dom João Muniz Alves; do bispo da Prelazia do Alto Xingu, Dom Jesús María López Mauleón; do bispo da Diocese de Ponta de Pedras, Dom Teodoro Mendes Tavares; do bispo da Diocese de Abaetetuba, Dom José Maria Chaves dos Reis; do bispo da Diocese de Bragança, Dom Jesus Berdonces; do bispo da Diocese de Óbidos e presidente do Regional Norte II da CNBB, Dom Bernardo Bahlmann; do bispo da Prelazia de Itaituba, Dom Wilmar Santin; do Arcebispo emérito de Manaus, Dom Sérgio Castriani; e do bispo da Diocese de Crato (CE), Dom Gilberto Pastana. Ainda na missa teve a presença de padres, religiosos e religiosas, autoridades civis e militares e leigos.

Inicialmente, a missa foi presidida pelo Núncio. Após a instalação e posse, a celebração passou a ser presidida por Dom Irineu Roman.

Seguindo o seu lema episcopal, “Vim para servir”, o arcebispo afirmou que está pronto “a servir com fé, com amor e com dedicação a esta Igreja, estas comunidades, a todo esse povo que compõe a região do Baixo Amazonas”. Ele reconhece que é muito trabalho, e por isso pede muita sabedoria para conduzi-lo. “O importante é que possamos caminhar juntos com todas as forças existentes nesta região”, destacou Dom Irineu.

O Núncio Apostólico ressaltou a importância da criação da Província e da Arquidiocese: “Não é para dividir, mas é para funcionar ainda melhor. Ter uma província e uma arquidiocese, tem uma colaboração mais fácil entre os mesmos bispos”.

Ainda neste domingo (02) ocorre a primeira missa de Dom Irineu na Catedral de Nossa Senhora da Conceição, Sé metropolitana, às 19h.

Província Eclesiástica

A Província Eclesiástica de Santarém tem a seguinte formação: Arquidiocese de Santarém (sede), Prelazia de Itaituba, Diocese de Óbidos, Diocese do Xingu (sede na cidade de Altamira) e Prelazia do Alto Xingu (sede em Tucumã).

A mais nova Província pertence ao Regional Norte 2 da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB).

Arquidiocese de Santarém

A mais nova Arquidiocese mantém a extensão territorial da então Diocese de Santarém com 171.906 Km² e possui 447.923 habitantes, formada por sete municípios: Santarém, Belterra, Mojuí dos Campos, Aveiro, Prainha, Monte Alegre e Almeirim. Possui 12 regiões pastorais, 24 paróquias, 19 áreas pastorais e 803 comunidades.

Sobre Dom Irineu

Dom Irineu Roman é natural de Vista Alegre do Prata, estado do Rio Grande do Sul. Foi ordenado Sacerdote da Congregação de São José - Josefinos de Murialdo, em 1º de janeiro de 1990, em sua cidade natal. Ele foi eleito pelo Papa Francisco, como Bispo Auxiliar de Belém, no dia 8 de janeiro de 2014, sendo ordenado no dia 19 de março de 2014, com imposição das mãos de Dom Alberto Taveira Corrêa, também em Vista Alegre do Prata. No dia 6 de novembro 2019, o Santo Padre o nomeou como o primeiro Arcebispo de Santarém.

Por Aritana Aguiar

Assessoria de Imprensa da Arquidiocese de Santarém

Com fotos de: Jaime Carvalho

Pastoral da Comunicação da Arquidiocese de Santarém

Lido 33 vezes

Liturgia

Clique e leia a liturgia diária

Calendário

Calendário de pastoral da Diocese

Sobre a Diocese

EVANGELIZAR, a partir de Jesus Cristo e na força do Espírito Santo, como igreja discípula, missionária e profética, alimentada pela Eucaristia e orientada pela animação bíblica, promovendo a catequese de inspiração catecumenal, a setorização e a juventude, à luz da evangélica opção preferencial pelos pobres, para que todos tenham vida (cf. Jo 10,10), rumo ao reino definitivo.

Boletim de Notícias

Deixe seu e-mail para ser avisado de novas publicações no site da Diocese de Bragança: