phone 

Cúria Diocesana

91 3425-1108

 

Vice-governador de Washington se tornará jesuíta

Cyrus Habib. Cyrus Habib. Crédito: Joe Mabel / wikimedia CC BY SA 4.0

O vice-governador do estado de Washington, Cyrus Habib, anunciou em 19 de março que não buscará a reeleição e, em vez disso, ingressará na Companhia de Jesus nos próximos meses.

Habib é um político cego, de 38 anos, de descendência iraniana que terminará sua carreira de oito anos em um cargo público, depois de afirmar que "dois anos de cuidadoso discernimento e oração" o levaram a solicitar unir-se aos jesuítas.

Habib foi eleito vice-governador em 2016 e é o funcionário eleito iraniano-americano com o cargo mais alto nos Estados Unidos.

Como seu processo de discernimento foi "quase completamente privado", Habib disse que esperava que muitos de seus eleitores e apoiadores considerassem sua decisão como uma "grande surpresa", principalmente porque muitos o viam como um político com um futuro brilhante.

"Muitos se perguntam por que alguém que passou os últimos oito anos subindo a escada política e que tem uma chance significativa de ingressar no governo no próximo ano trocaria uma vida de autoridade por uma de obediência", disse Habib em um ensaio explicando sua decisão na revista América, publicada pela Companhia de Jesus.

No ensaio, ele disse que sua fé católica o motivou a entrar na política e o guiou nas decisões que tomou no cargo.

"Minhas prioridades no cargo estavam firmemente enraizadas na doutrina social católica, que coloca os pobres, os doentes, os deficientes, os imigrantes, os prisioneiros e todos os marginalizados no centro de nossa agenda social e política", escreveu na América.

Habib perdeu a visão aos oito anos de idade devido ao câncer e sobreviveu a esta doença três vezes. Escreveu que sua experiência de vida lhe deu um sentimento de empatia por aqueles que estão nas margens sociais.

Apesar de seus sucessos políticos e perspectivas brilhantes para o futuro, Habib disse à revista jesuíta que se sentia chamado a um estilo de vida diferente, "embora também esteja orientado ao serviço e à justiça social”.

"Senti um chamado para dedicar minha vida de maneira mais direta e pessoal", escreveu.

"Eu acredito que a melhor maneira de aprofundar meu compromisso com a justiça social é reduzir a complexidade em minha própria vida e dedicá-la a servir aos outros", assinalou.

Embora reconheça a importância e a influência de um papel na vida pública, Habib disse que percebeu que "enfrentar os desafios que o nosso país enfrenta exigirá mais do que apenas a formulação de políticas" e que as pessoas "precisam urgentemente de apoio espiritual e companhia".

Habib elogiou os jesuítas por seu compromisso com a educação e disse que é "muito cedo" para saber aonde o levará a sua vida na companhia, “mas tenho certeza de que implicará o ensino, o diálogo intercultural e inter-religioso, a defesa e o acompanhamento espiritual”.

A formação jesuíta geralmente leva entre oito e 17 anos. Habib não disse em qual das quatro províncias americanas da Companhia de Jesus entraria no outono, mas pediu orações.

“Peço a todos que me mantenham em suas orações enquanto viajo por esse novo caminho; vocês, é claro, estarão na minha”, disse.

Publicado originalmente em CNA. Traduzido e adaptado por Nathália Queiroz.

Tirado do site acidigital.com

Lido 116 vezes

Liturgia

Clique e leia a liturgia diária

Calendário

Calendário de pastoral da Diocese

Sobre a Diocese

EVANGELIZAR, a partir de Jesus Cristo e na força do Espírito Santo, como igreja discípula, missionária e profética, alimentada pela Eucaristia e orientada pela animação bíblica, promovendo a catequese de inspiração catecumenal, a setorização e a juventude, à luz da evangélica opção preferencial pelos pobres, para que todos tenham vida (cf. Jo 10,10), rumo ao reino definitivo.

Boletim de Notícias

Deixe seu e-mail para ser avisado de novas publicações no site da Diocese de Bragança: